sexta-feira, 28 de janeiro de 2005

Amor estatístico.

O Pedro Mexia foi a melhor coisa que nos aconteceu.