quarta-feira, 12 de janeiro de 2005

No fim, é como se estivéssemos de trigémeos.

Foram os três pasteis almoçar hoje ao Painel de Alcântara. Repastámo-nos com o melhor cozido à portuguesa de Lisboa para a confirmação hebdomadária da existência de Deus. Apesar das desconfianças, o Sr. Manuel ainda não confirmou o que há muito desconfiamos: que Deus, ele próprio, dá lá uma mãozinha nos dias do cozido, Quartas e Sábados.

Estamos tão bem tratados que parecemos saídos das mãos da rainha das massagistas tailandesas. Em sessões individuais de quatro horas por pastel, é claro.