terça-feira, 25 de janeiro de 2005

A propósito das distâncias.

"Closer", de Mike Nichols, é um assombro. Julia Roberts em velocidade de cruzeiro, Natalie Portman com a força de um tornado (improvável numa criatura com uns olhos de doçura tamanha), Jude Law encolhido, um pobre diabo que quase nos faz esquecer a beleza diabólica com que a mãe natureza o abençoou e Clive Owen, meus amigos, Clive Owen a levantar o dedo do meio como quem diz a todos aqueles que alguma vez duvidaram que nele habitasse um actor maior do que a vida, "fuck off" e até à próxima. É um pontapé no estômago, é puro talento, é a história das nossas vidas.