segunda-feira, 14 de fevereiro de 2005

Justa causa.

Percebo que o Inverno se despede (com justíssima causa, aliás), quando os finais de tarde ficam assim, suspensos, entre o que veio e o que está para vir.