segunda-feira, 14 de fevereiro de 2005

Palavras que gostava de ter inventado.

Arranha céus. Não é torre, não é prédio altíssimo, é o som da terra a rasgar entre a língua e o céu da boca.