sexta-feira, 1 de julho de 2005

Eros, só se for Ramazotti.

Inauguração do Salão Erótico de Lisboa, uma versão revista e puritanamente reduzida do homónimo espanhol. Na TVI, uma simpática "jornalista" (as aspas são deliberadas) indaga um visitante sobre a sua opinião do certame. A declaração do incauto passa em voz-off enquanto, em primeiro plano, uma dominatrix, toda ela latex, de chicote em punho, digamos afaga energeticamente as nádegas nuas de um senhor de piercings nos mamilos e máscara de latex a cobrir-lhe a toralidade da cara.

"Está muito agradável, muito simpático, assim pró acolhedor, está sim senhor."