segunda-feira, 4 de julho de 2005

Nunca gostei do Verão Azul.

E não percebo a reedição de coisas tão fraquinhas em DVD. A nostalgia não deve ser temperada com óleos destes, senão azeda.

Cá para mim este é um fenómeno parecido ao dos universitários que se divertem a valer com as actuações dos bacalhaus que querem alho.