segunda-feira, 19 de setembro de 2005

Isto está calmo.

Demasiado calmo, digo eu. Querem histórias bonitas enquanto os outros dois andam a falhar? Cá vão duas:

Na Rússia fazem-se presuntos de urso.

Uma das formas de matar lobos usada pelos esquimós é: espetar uma faca na neve e na faca espetar um pedaço de banha. Depois do lobo perceber que não consegue arrancar a banha, desata a lamber a própria. A dada altura corta a língua gelada e o sabor a sangue aparece. Ele, sem saber que é dele o que o excita, lambe ainda mais. Morre de hemorragia pouco depois.

No passa nada. Se isto amanhã ainda estiver assim, ponho a fotografia de uma gaja boa, mas boa, para desenjoar.