quinta-feira, 12 de janeiro de 2006

Parentes na lama.

Foi sobre isto a primeira das novas crónicas do Miguel Esteves Cardoso no Expresso. A ausência de palavra, honra, orgulho ou valores. Não sendo brilhante, serviu para me fazer comprar o jornal, (que depressa escondi debaixo do banco do carro, não fosse alguém ver-me com aquilo). Voltando às palavras do Cardoso, posso dizer que me agradaram.

O tema, principalmente, o tema, meu Deus: a libertinagem canhota e o politicamente correcto corroem tudo o que o dinheiro não consegue comprar e, de facto, já tudo é permitido. Esta coisa da ditadura da tolerância não me agrada nada.

A deixa: “Falas-me de ética? ÉTICA? Queres envergonhar-me em frente dos meus amigos?” esta ficou-me pela boca do Pacino num fabuloso diálogo nessa grande porcaria de série que foi Anjos na América.