sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

Presidenciais na Finlândia.

Não tive muito interesse nas presidenciais locais e não serão as finlandesas (as presidenciais) que me vão tirar o sono. A razão da minha curiosidade, já neste domingo, reside num fenómeno de comunicação e no avanço civilizacional dos países nórdicos, mais uma vez. Eu explico: Na Finlândia há três candidatos à Presidência daquela República, entre os quais uma mulher, Thonnja, física e facialmente idêntica ao Conan 'O Brian. Em repetidos tempos de antena (sketches) no programa Late Night Show da MSNBC, esta semelhança foi usada a um ponto que pôs uma grande percentagem de cidadãos finlandeses a simpatizar mais com Thonnja, agora apontada como possível vencedora. Para além do fenómeno de comunicação, observo ainda que só um povo tão avançado é que poderia ter dado a volta a estas coisas das eleições e escolher um candidato só porque sim. Voltando à miséria, foi por estas razões que votei no Garcia Pereira, a ver se pegava.