quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

Sinais de Fumo para os olhos.

Fumar é um acto de esquerda. A liberdade individual, e o asco primário às leis vigentes sobre esta matéria nos Estados Unidos, corroboram um poucochinho a minha teoria. Assim, não percebo as manifestações de apoio a Zapatero, em relação ao atentado à liberdade individual de cada um, que é a lei anti tabaco que este preparou para o seu país, só porque chefia um governo de esquerda.

O que mais me irrita na esquerda com falta de leitura é o apoio incondicional a todo o tipo de liberdades, excepto aquelas que não interessam ou que foram estranguladas por alguém que se diz de esquerda. É por estas e por outras que admiro muito o Garcia Pereira, o Manuel Alegre e Cavaco Silva. Assim, sem cinismo, só porque o que conheço deles mostra que sabem o que fazem e o muito ou pouco que dizem.

A verdadeira liberdade é a que me permite admirar os discursos em latim que o primeiro usa nos julgamentos em que participa, os versos e os sonhos do segundo e, quer queiramos, quer não, a honestidade do último.