quarta-feira, 17 de maio de 2006

Era só o que mais faltava.

Nunca perdi tempo a desenvolver teorias da conspiração sobre tema algum. A verdade é que, se o fizermos, há uma cabala em cada esquina, das que atacam treinadores de futebol e políticos em doses diárias. Vide as farmácias e o escarcel que vai ser agora que alargaram a rede de estabelecimentos que vende medicamentos que não necessitam de receita médica, de 115 para 195. Qualquer dia isto fica mesmo um país europeu e a malta tem que deixar de ir à neve três vezes por ano, só pode trocar de BMW X5 de dois em dois anos, e os apartamento de luxo em Lisboa deixam de esgotar quando vendidos em planta em dois dias ou menos. Quero a minha Venezuela de volta.