terça-feira, 9 de maio de 2006

Novo estudo assinala causa biológica da orientação sexual.

As reacções dos cérebros dos homossexuais às hormonas sexuais masculinas e femininas são diferentes das dos heterossexuais, mas essa diferença é menos pronunciada nas lésbicas do que nos homens homossexuais, indica um novo estudo.

O estudo, realizado por cientistas suecos e hoje publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences, reforça a teoria de que a orientação sexual não é um comportamento adquirido, mas tem uma causa biológica.

O resto está aqui.