quarta-feira, 11 de outubro de 2006

Ser homossexual.

A minha opinião em relação à homossexualidade é exactamente a mesma que a da Sónia Braga: Ser gay é um plus. É ter a capacidade de se sentir atraído, amar e gozar um ou os dois sexos. Eu não tenho esse plus.

E eu também não tenho esse plus.

Assim sendo, queria dizer que abomino esta entrada de mansinho para o debate acerca da adopção de crianças por parte de casais homossexuais. Acho que é um assunto muito mais do que discutível e que serve apenas para alguns elementos da comunidade gay fazerem mais um barulho gratuito.

Felizmente que uma grande parte das pessoas bafejadas com o plus é contra esta ideia.

E o esforço, meus amigos, o esforço que eu tenho que fazer para me alhear do facto da homossexualidade ser uma doença quando falo de coisas relacionadas com ela (falo da homossexualidade a sério e não daquelas experiências tipo Bowie).