segunda-feira, 5 de março de 2007

Não tenho culpa de pensar nestas merdas.

Trabalhava em vinhos numa herdade em Palmela e desde adolescente que era lésbica assumida. Fã de longa data dos Orchestral Manouevres In The Dark, os amigos tratavam-na carinhosamente por "enóloga gay".