segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Demasiado tempo livre e uma imaginação fértil dão nisto.

Hoje dei por mim a elaborar uma lista mental de pessoas que, se atropelasse, sem querer, não ficaria com remorsos. Algumas delas creio que carregaria no acelerador, mas isso faz de mim má pessoa, por isso, for the sake of argument, vamos assumir que, habitualmente, acelerar quando vislumbro um peão não é um comportamento habitual aqui do pastel. Assim sendo, a lista, TOP5, sem nenhum tipo de critério e com alguma ordem:

1. Miguel Ângelo (um clássico)
2. Ângelo de Sousa (aquele cirurgião manhoso que opera tudo o que é pseudo-celebridade em Portugal - é um mix de ódios, que vai do cabelo, look serial-killer até ao discurso, serial-killer, passando pelo olhar, a roçar o mass-murderer)
3. Luís Osório (até gramava do comuna de direita, mas um dia tive um episódio lamentável com ele no Movies do Monumental que estragou tudo - no caso dele, abria uma excepção e, vá lá, dava um cheirinho de travão)
4. Luís Represas (só pela franja, como se não fosse mais do que suficiente - aquela franja num país da América do Sul já tinha provocado dezenas de golpes de estado, e com justiça, digo eu)
5. Simone de Oliveira (ok, esta não é uma escolha inteiramente justa, mas aquela merda do Varela já me começa a entrar nos nervos)

Sugestões de personalidades que merecem atropelamento? É aqui em baixo, onde diz "Sem milagres", mas onde em breve se lerá "É a loucura, é a loucura".