quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Indumentária nacional.

Não será novidade para ninguém que os portugueses, regra geral e longe das amoreiras, vestem-se mal e de uma forma única, muito própria, sendo os sapatos de vela o expoente máximo desta bizarria (nem sequer têm sola branca, nem são usados exclusivamente para a prática de golf). E quando não é nem verão nem inverno, simplesmente estamos numa estação de transição, a coisa atinge o desconexo que aí está nas ruas. Bom, ao menos ainda há os brasileiros.