segunda-feira, 5 de novembro de 2007

O meu (vá, mais ou menos) pequeno pónei.

Eu, que mal sei soletrar a palavra eclético, decidi dedicar-me a, no espaço de três dias, enriquecer-me culturalmente com as pernas do Zidane, o cólon perfurado do Mr. Hands e as dúvidas em fumar um charro do Bruno. Depois da análise, um comentário: Bruno, fumar por fumar, dá-lhe na erva, que vem da terra, man.