quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Evidência I.

Os Portugueses deram início aquilo que se chama Os Descobrimentos porque os espanhóis não os deixaram passar pela terra deles e a única forma de sair daqui, sem apanhar porrada, era por mar. A partir daí foi só tropeçar no que se ia pondo à nossa frente.

Foi um processo interesseiro, com intuitos meramente comerciais. Válido e de louvar mas pelas razões erradas e involuntárias: na altura só queríamos mais dinheiro.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

€5000









para quem souber onde estive no fim-de-semana.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Sabem o que é uma fofoca?

É um animal mamarinho.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Sugestão para nome de restaurante tradicional, a abrir no centro de Lisboa:

A charrua das duas amazonas.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

2008.

Nunca me tinha acontecido, mas este ano passar o ano passou por ficar em casa e a gostar. Assinalável foi perceber que à meia-noite as pessoas não só fazem barulho, normal, como batem com tachos uns nos outros, já não normal. Ai é? pensei eu. Toma lá duas colunas na varanda, no 9, e por esta sublime ordem:
1. Londres vs Paris/Berlim - Stand up tall, dizzee rascal vs chloe
2. Berlim - The Dark Side Of The Sun (Feat. Puppetmastaz), Modeselektor
3. Nova Iorque - Someone Great, LCD Soundsystem

Depois, já indoors, foi o podcast Resident Advisor pelos Underworld.

Não sei como é que vai ser o vosso ano, mas o meu começou assim, em supremacia.